dicas - Tipos de piloto

QUAL O SEU PERFIL COMO PILOTO?

Por mais estranho que pareça, em nosso esporte, o medo é um mal necessário. O bom piloto deve sempre senti-lo em níveis moderados. Se for observado em altos ou em baixos níveis vai ser prejudicial, podendo ser fatal.
Existem apenas 3 tipos de comportamento ante uma situação de risco, como um fechadão ou problema sério na decolagem e pouso:

1. O piloto perde rendimento chegando a cristalizar, muitas vezes até o desconfortável contato com o chão;

2. Mesmo que se borrando ante ameaças de fechadas, quando elas acontecem o piloto ganha rendimento com a descarga de adrenalina. Ele fica mais 'macho', reage com mais eficiência, raciocina mais rápido e com mais clareza. Chega a gostar da fechada após identificá-la;

3. O piloto, não importa o que aconteça, não tem seu comportamento alterado. Se pilotava bem antes da fechada, continua a fazê-lo durante a 'dança do parapa doido'. Se pilotava mal, continua a fazê-lo com a mesma incompetência, para o desespero de todos.


Após reconhecer seu perfil, descrito acima, minha sincera opinião seria, respectivamente:

1. Se você é do tipo que cristaliza, mude imediatamente de esporte, antes que seja tarde! O vôo livre é a melhor coisa do mundo, mas para quem pode aproveitar. Se você perde rendimento quando o bicho pega, tente mudar. Se não conseguir: Procure outro esporte!

2. É o ideal. Mas se você se apavora muito frente aos avisos de fechadas, fique bem atento! O ideal é sentir medo o suficiente para evitá-las!

3. Se o piloto já tem nível e fica impassível, ótimo. Se ainda não é um bom piloto, pode não chegar a ser... Neste caso, muito cuidado ao longo do aprendizado!

 

Dicas:

  • 50 utilidades para seu GPS fora do vôo [+]

  • Tipos de piloto [+]

  • O Porosímetro [+]

  • Dicas aos iniciantes[+]

  • Como contratar um voo duplo[+]